NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato dos Servidores Civis do Ministério da Defesa (SINFA-RJ) repudia veementemente a violência praticada pelos órgãos de segurança do Estado do Paraná contra os profissionais da educação, que exerciam pacificamente o direito constitucional de manifestar-se politicamente junto ao poder público.

É inaceitável que os trabalhadores e trabalhadoras, servidores do povo paranaense e educadores, sejam brutalmente atacados pela Polícia Militar daquele estado.  Este lamentável episódio da história do Paraná representa um grave ataque à democracia e ao estado de direito dos brasileiros. Aproximadamente duzentas pessoas deram entrada nas unidades de saúde, incluindo oito delas em estado grave com ferimentos sérios.

Num momento de grandes ataques aos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras deste país, a exemplo do projeto de lei que altera a previdência dos servidores do Estado do Paraná, não podemos nos calar diante da violência policial. É preciso se manter firme na defesa das conquistas da classe trabalhadora. Por isso nós do SINFA-RJ nos solidarizamos com todos os profissionais da educação e servidores atingidos pela brutalidade do Estado.

Firme na luta!

SINFA-RJ

Rio de Janeiro, 30 de maio de 2015.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Deixe um comentário