Moraes nega livre acesso de servidores no Congresso para acompanhar reforma administrativa

O ministro Alexandre de Moraes negou acesso livre às dependências do Congresso à Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União (Fenajufe). A entidade ingressou com um habeas corpus no STF para ter direito a acompanhar “debate, deliberação e votação” da reforma administrativa.

A negativa de Moraes foi em cima de um pedido em que a federação alega que o parlamento está restringindo e até proibindo o acesso de servidores durante o processo de tramitação do projeto.

A Fenajufe tem feito forte pressão sobre os congressistas para que a reforma administrativa seja rejeitada e alega que o “diálogo” com os parlamentares não prejudicará a ordem dos trabalhos nem vai gerar descumprimento de normas sanitárias para a prevenção da covid.

Fonte: Lauro Jardim – O Globo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Deixe um comentário