Presidenta Dilma descarta reforma ministerial

Dilma Rousseff garante que a saída do ministro Cid Gomes do Ministério da Educação foi uma alteração pontual

A presidenta Dilma Rousseff negou, nesta quinta-feira (19), que realizará uma reforma ministerial. Ela garantiu que a saída de Cid Gomes do Ministério da Educação foi uma alteração pontual.

A declaração foi concedida durante entrevista coletiva após assinar medida provisória que trata da renegociação das dívidas dos clubes de futebol com a União.

“Não tenho perspectiva de alterar nada nem ninguém, mas as circunstâncias, às vezes, obrigam você a alterar, como foi o caso da Educação. Não tem reforma ministerial. Reforma ministerial é uma panaceia, ou seja, não resolve os problemas. O que resolve os problemas nós estamos colocando em prática”, esclareceu a presidenta.

Ministério da Educação

Também nesta quinta-feira (19), foi publicado no Diário Oficial da União um decreto que exonera Cid Gomes do cargo de ministro da Educação. De acordo com o texto, a medida foi tomada a pedido do ex-ministro.

Fonte: Portal Brasil

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email