CGU avalia modelo de terceirização do Poder Executivo Federal

 

Relatório analisou os serviços de limpeza, vigilância e conservação predial, sob os critérios da economicidade e eficiência

 

A Controladoria-Geral da União (CGU) finalizou relatório sobre o modelo de contratação dos serviços de vigilância, limpeza e conservação predial do Poder Executivo Federal. É o trabalho Relatório de Avaliação de Gestão Nº 3, que avaliou a gestão da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação, do Ministério do Planejamento.

 

O relatório analisou a terceirização dos serviços de limpeza, vigilância e conservação predial, sob os critérios da economicidade e eficiência. O objetivo foi produzir diagnóstico da evolução dos gastos; avaliar a consistência da metodologia de cálculo do preço referencial; avaliar a razoabilidade dos referenciais de produtividade; e avaliar a forma de contratação e a suficiência dos dados das contratações.

 

O trabalho apontou a necessidade de implementação de diversas melhorias no processo de contratação, como: revisão dos índices de produtividade mínima para as atividades de limpeza e conservação predial; revisão do referencial de bonificação das despesas indiretas e lucros das empresas prestadoras dos serviços de vigilância; e alterações no sistema do portal de compras do governo (Comprasnet).

 

As recomendações da CGU tiveram o objetivo de adequar os custos das contratações à realidade de mercado e refletir sobre os modelos de contratação atualmente adotados. Além disso, buscou-se fornecer à Administração Pública Federal informações gerenciais mais qualificadas sobre a contratação desses serviços, por meio de melhorias nos sistemas estruturantes.

 

Fonte: Com informações da assessoria de imprensa da CGU

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Deixe um comentário