Ato nacional mobiliza servidores em diversos estados nesta terça (18)

Rio de Janeiro – Os servidores farão um dia de manifestação nesta terça-feira (18/8) pelo serviço público de qualidade e contra o ajuste fiscal do governo Dilma. O protesto no Rio de Janeiro será na Cinelândia, no Centro. O local estará durante todo o dia ocupado com barracas de diversos setores do serviço público e receberá representantes das diferentes categorias em greve.

Diversas categorias do serviço público seguem construindo a greve unificada para forçar o governo a negociar os itens da campanha salarial 2015. Os servidores apresentaram uma ampla pauta de reivindicações (ver abaixo)que foi rejeitada pelo governo.

 

Eixo principal da Campanha Salarial Unificada 2015:

– Política salarial permanente com correções de distorções e reposição de perdas inflacionárias;

– Data base em 1º de maio;

– Reajuste linear de 27,3%;

– Paridade entre ativos, aposentados e pensionistas;

– Isonomia de benefícios para servidores dos três poderes;

– Regulamentação da convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que trata da negociação coletiva e o direito de greve no serviço público;

– Retirada de pauta de projetos prejudiciais aos trabalhadores que tramitam no Congresso Nacional

– Aprovação de projetos de interesse dos trabalhadores que tramitam no Congresso Nacional;

 

Outros pontos da Campanha Salarial Unificada 2015:

– Melhoria dos serviços e realização de concursos públicos;

– Aprovação da PEC 555 (Fim da cobrança previdenciária dos aposentados);

– Revogação das MPs 664 e 665 (retira direitos históricos como seguro-desemprego, auxílio-doença, abono salarial e pensão por morte dos trabalhadores);

– Transposição de servidores anistiados para o Regime Jurídico Único;

– Campanha pela liberdade de organização sindical nos locais de trabalho;

– Política adequada de saúde do servidor e combate ao assédio moral e as opressões;

– Readmissão dos funcionários temporários demitidos na greve do IBGE;

– Regulação da jornada de trabalho de 30 horas no serviço público sem redução salarial.

 

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Deixe um comentário