1º de maio – Dia dos trabalhadores e trabalhadoras

 

Neste 1º de maio, o Dia do Trabalhador chega com uma carga simbólica reforçada pelo momento político que vive o país.  Criado  no final do século XIX para celebrar as conquistas e a organização dos trabalhadores ao longo da história, o feriado é considerado uma data importante no calendário de lutas.

Diante da ameaça do golpe promovido através do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, os que defendem a democracia no Brasil devem se levantar para construir barreiras contra o avanço do retrocesso em curso no país. O alvo do conservadorismo são mais uma vez os trabalhadores e a democracia.

Um exemplo desta ofensiva contra os trabalhadores é a proposta apelidada de “Ponte para o Futuro”, com que o vice-presidente Michel Temer pretende colocar em prática caso o impedimento de Dilma seja aprovado . Sabemos que esta “ponte” é, na verdade,  o retorno da agenda neoliberal.

Esta agenda afetaria diretamente os servidores públicos. Congelamento de salários, interrupções negociações salariais e contratações sem concurso público são algumas das possíveis medidas que atingiram os servidores.

Diante deste cenário devemos estar nas ruas e lutar pela manutenção e ampliação dos direitos dos servidores civis do Ministério da Defesa.

Pelos trabalhadores do serviço público e pela democracia devemos nos manter firmes em nossas lutas!

SINFA-RJ
Por Aviner Escobar
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Deixe um comentário