Reforma administrativa: Guedes vai negociar com Maia antes de enviar texto ao Congresso

SINFA RJ » Destaques » Política, Economia e Sociedade

Na busca de criar um ambiente mais favorável para tramitação da reforma administrativa na Câmara dos Deputados, o ministro da Economia, Paulo Guedes, vai negociar com o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e líderes de partidos aliados, ajustes na proposta antes de encaminhá-la ao Legislativo.

A reforma administrativa seria enviada oficialmente nesta terça-feira (12) à Câmara, segundo previsão do próprio presidente Jair Bolsonaro. Mas o governo decidiu transferir o envio para a próxima semana e negociar com Maia e líderes mudanças no texto.

Segundo assessores de Paulo Guedes, a ideia é tentar um acordo para incluir na proposta de emenda à Constituição (PEC) sugestões dos deputados.

A discussão sobre os ajustes na reforma administrativa acontecerá nesta terça-feira (12) durante reunião de Paulo Guedes e sua equipe com Rodrigo Maia e líderes, na Câmara.

A reforma administrativa que está sendo elaborada pelo governo não atinge os servidores atuais. A proposta mira os servidores que forem contratados após a aprovação da PEC, considerada polêmica dentro do Congresso Nacional. Por isso as negociações prévias.

Entre as medidas, está o fim da estabilidade no início da carreira de boa parte dos servidores. Nos três primeiros anos, ele teriam de passar por um estágio probatório. Nos sete seguintes, teriam um contrato. Vencido esses prazos, o funcionário que permanecer no governo ganharia estabilidade.

A PEC da reforma administrativa faz parte do conjunto de medidas da nova agenda econômica do governo do presidente Jair Bolsonaro (veja no vídeo abaixo).

Na semana passada, o governo enviou três PECs do Pacto Federativo e prepara também um projeto de lei para acelerar as privatizações. Ontem, foram divulgadas medidas para estimular a geração de empregos.

Fonte: Valdo Cruz – G1

0 Comentários

Últimas notícias

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Comissão da Câmara aprova proposta que autoriza corte em salário de servidor

Com a aprovação na CCJ da Câmara, a proposta precisará agora ser analisada por uma comissão especial, que ainda não foi instalada. Esse trâmite só deve ocorrer em 2020. Enquanto isso,...

Ler mais
quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Apenas 29% das vagas deixadas por servidores aposentados foram repostas

Enquanto vários componentes do PIB estão crescendo, os gastos do governo continuam em queda, refletindo o enxugamento da máquina pública. O consumo do governo, segundo dados divulgados pe...

Ler mais
quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Servidores usam o peso do voto contra reforma administrativa

Funcionalismo faz da eleição uma moeda de troca, no sentido de demonstrar para parlamentares e sociedade como mudanças drásticas no desempenho institucional podem prejudicar o atendimento...

Ler mais

Informativos





Rua da Quitanda, 45 / 6º andar - Centro - Rio de Janeiro / RJ - CEP: 20.011-030 | Telefones: 21 2507.5156 / 2507.5178 / 2507.5235